30 setembro 2009

Para este fim de semana com "friozinho"

FEIJÃO TROPEIRO





- 1/2 quilo de feijão
- 200g de bacon fatiado (para o torresmo)
- 300 g de costelinha de porco defumada
- 1 paio
- 1 gomo grande de linguiça calabresa
- 4 ovos cozidos, fatiados
- 1 pacote de carne de sol pré-cozido
- 1 cebola média ralada
- 1 cebola média fatiada
- 1 maço de salsa e cebolinha fatiados
- 1 xícara de farinha de mandioca temperada
- 1 xícara de farinha de mandioca em biju



Como fazer:
Lave o feijão e deixe de molho por meia hora.
Leve o feijão na pressão, junto com a carne de sol, por meia hora. O feijão tem que ficar bem firme. Escorra e reserve.
Frite o torresmo, escorra numa toalha de papel e reserve.
Fervente a costelinha, o paio e a calabresa para tirar o excesso de gordura.
Numa frigideira grande,frite a cebola ralada usando a gordura do torresmo.
Acrescente a carne de sol picada em pedaços pequenos, o paio e acalabresa cortados em rodelas.
Coloque a farinha de mandioca temperada e o biju e vá mexendo levemente.
Finalmente, adicione o feijão escorrido, o torresmo, a metade da salsa e a cebolinha e da cebola cortada em pedaços. Frite mais um pouco, mexendo levemente para que o feijão se mantenha inteiro.
Coloque numa tigela refratária. Enfeite com os ovos cozidos fatiados, o restante da cebola,da salsa e cebolinha. Faça para quem você ama."



Essa receitinha veio do Blogger: Sabor Sonoro

Cogumelo SHIMEJI .... receita

O Shimeji

Este é um dos cogumelos mais difundidos no mundo. Assim como o Shiitake, o Shimeji, cujo nome científico é Pleorotus Osteatus, é muito consumido na Ásia, principalmente na China. Segundo estudiodos, o shimeji é importantíssimo como dieta alimentar e prevenção ao câncer.

Também possui valores nutricionais bastante elevados, e é uma excelente opção para aqueles que estão de dieta, pois possuem poucas calorias e nenhuma gordura, além de ser muito saboroso. Leia mais sobre seu valor nutricional e várias receitas no link abaixo.

Retirado do site: Cogumelos Urakami



HOJE AQUI EM CASA VAI TER .....
MACARRÃO COM SHIMEJI
... receita do Globo Rural

INGREDIENTES:

350 gramas de macarrão da sua preferência
200 gramas de cogumelo shimeji
4 colheres (sopa) de margarina
1 caixa de creme de leite
1 xícara e meia de leite
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de molho de soja
Tempero feito com alho, sal, pimenta, salsinha e queijo parmesão ralado

MODO DE PREPARO:

Cozinhe o macarrão.
Ao mesmo tempo, numa frigideira, coloque o tempero junto com duas colheres de margarina.
Depois que ela derreter, despeje o shimeji.
Refogue até toda a água evaporar e acrescente o molho de soja

Aqui, você também pode dar o seu toque especial. Uma dica do fungicultor é colocar gengibre ralada ou uma colher de mostarda. Só um pouquinho, para não sobressair ao sabor do cogumelo.

Desligue o fogo e coloque a salsinha.
Em outra panela, derreta o resto da margarina.
Acrescente o creme de leite e parte do leite.
Separe um pouco para dissolver a farinha e acrescentá-la ao creme.
Mexa até engrossar.
Agora é só misturar o shimeji e deixar ferver.
Para decorar, use queijo parmesão, salsinha e um pouco mais de cogumelo.

O vinho branco acompanha muito bem o prato. Bom apetite!

OBS.:
Fiz apenas uma alteração na receita acima, utilizei molho bechanel para agregar o shimeji.

Receita molho bechanel

2 colheres de sopa de margarinha
4 colheres de sopa de farinha de trigo
500 ml de leite
sal a gosto
1 caixinha de creme de leite

Numa panela, aqueça a margarina e frite a farinha até dourar. Fora do fogo, misture aos poucos o leite, sem parar de mexer, para o molho não formar grumos. Tempere com sal e noz-moscada mexendo sempre. Cozinhe por cerca de 10 a 15 minutos em fogo baixo até formar um creme.
Junte o creme de leite e o queijo ralado, misture e volte ao fogo por mais 15 minutos. Sirva quente com massas.

28 setembro 2009

Inserindo texto em contornos - FIREWORKS


No Adobe Fireworks é possível adicionar um texto a qualquer contorno ou caminho sem problema algum. Para isso, basta escrever o texto, criar a forma/caminho cujo qual o texto será inserido, selecioná-los e, no menu superior Text, escolher a opção Attach to Path.
Texto em formas
Esse procedimento também pode ser realizado em contornos criados pela ferramenta Pen Tool.

Retirado do site: Tutoriais Fireworks

Efeito Polaroid no Fireworks



OLÁ, NESSE PEQUENO TUTORIAL IREI ENSINAR COMO CRIAR UM EFEITO POLAROID QUE DARÁ A SUAS FOTOS UM VISUAL BEM BACANA.

Efeito polaroid Final

Para começarmos a criar o efeito polaroid temos que imaginar que efeitos de sombra e luz são muito importantes.
Seria muito simples colocar uma imagem dentro de um frame branco e pronto.
É exatamente nesse ponto que começaremos.

Crie um novo documento no Fireworks com as seguintes configurações:

Altura: 400pxLargura: 400px, Cor de fundo: #66CCFF (essa cor é essencial para podermos ver a sombra enquanto for criada)

Cole a imagem que você deseja usar e crie um retangulo ao redor como na imagem abaixo.

iniciando o efeito polaroid criando frame

Aqui já temos uma imagem dentro de um frame, bem parecido com uma fotografia polaroid.
Mas para criarmos um efeito polaroid mais realistico, vamos trabalhar com sombras e luz para dar um efeito de que a foto é de papel.

Para criarmos o primeiro efeito de luz sobre o papel iremos copiar o frame branco e atribuir a ele um gradiente claro/escuro com transparência.

Passo 1 - Copie e cole o frame branco, logo em seguida coloque ele sobre a imagem usando as teclasCtrl + ↑
Passo 2 - No item de cor vamos escolher Gradiente > Linear como na imagem abaixo

criando sombra sobre a imagem com gradiente efeito polaroid

Passo 3 - Configure o gradiente do preto para o branco criando dois pontos de transparência no meio.

configurando gradiente sobre imagem efeito polaroid

Esse será o resultado obtido:

aplicando luz sombra sobre foto efeito polaroid

É importante você usar o mouse para arrastar a linha do gradiente até ficar em diagonal, como na imagem acima.

Para que o efeito polaroid tenha maior realismo iremos criar um efeito de sombra para darmos uma cruvatura a nossa foto.

Vamos criar outra cópia do frame branco e com a ferramenta Pen Tool iremos dar a seguinte curvatura na imagem.
Passo 1 - Clique sobre a imagem e desagrupe usando as telcas Ctrl + Shift + G
Passo 2 - Usando a ferramenta Pen Tool clique sobre as linhas laterais, superior e inferior e arraste no sentido da linha, uma nova linha com duas marcações nas extremidades irá aparecer. Vá controlando essas marcações usando a ferramenta Subselection Tool até atingir o seguinte resultado:

criando imagem da sombra sob foto efeito polaroid
Atribua a essa imagem a seguinte cor: #333333
Em Filters, selecione a opção Blur > Gausian Blur nivel 4,0

criando imagem de sombra sem foco efeito polaroid

Posicione a imagem bem abaixo das outras usando as teclas Ctrl + Shift + ↓
Acerte a imagem abaixo das outras para que a sombra atinja o seguinte resultado:

imagem efeito polaroid finalizado

Pronto aí está o efeito polaroid criado na imagem. Você poderá trocar o fundo por uma imagem como eu fiz lá em cima na imagem de demonstração. E para fazer isso com outras fotos, é só recortar e trocar a imagem dentro do frame quantas vezes quiser.

Retirado do blogger: Logo3D

Adorooooooo massa!!!


MASSA COM QUIABO

200 gr de massa seca parafuso, 7 quiabos;
2 tomates picados em cubinhos; 1 cebola em tiras;alho a gosto;sal azeite

Como fazer:

Faça a massa conforme a embalagem, reserve. Cozinhe o quiabo por uns 5 minutos em água (Se quiser tirar a 'gosminha', não se esqueça de deixar de molho em água e limão por 30 minutos antes de cozinhá-los). Em uma frigideira refogue no azeite o alho e a cebola, acrescente o tomate e deixe por 15 minutos. Após isso, pique o quiabo em rodelinhas e adicione ao tomate, corrija de sal e refogue por mais uns 10 minutos. Distribua a massa em uma travessa e, por cima, o molho.

Retirado do site: Cozinha Fácil




MASSA COM BERINGELA


1 beringela grande
1 limão
Sal grosso q. b. (Adicionado por mim. Para fazer com que a beringela liberte o sabor amargo.)
1 cebola
2 dentes de alho
4 colheres (sopa) de azeite
4 tomates maduros
Orégãos (a gosto)
Pimenta q.b.
1 colher de café de sal (Coloquei mais. Esta indicação será mais apropriada para pessoas hipertensas)
1 a 2 colhere(s) de sobremesa de açucar (adicionado por mim)
200g de macarrão cozido (Utilizei integral)
Preparação
1. Lave a beringela, corte-a em cubos, sem retirar a casca, e coloque-os numa taça. Junte-lhes o sumo de um limão, bastante sal grosso e água fria. Misture bem e deixe repousar durante 30 minutos para que a beringela liberte o seu sabor amargo.
2. Descasque a cebola e os alhos e pique tudo finamente. Lave os tomates, retire a pele e as sementes e pique-os. Reserve. (Eu mantive a pele e ficou bom à mesma)
3. Coza o macarrão “Al dente” em água e sal.
4. Coloque a cebola e os alhos num tacho, junte o azeite, leve ao lume e deixe cozinhar até a cebola estar macia.
5. Escorra a beringela e passe-a por água corrente para retirar o excesso de sal.
6. Coloque a beringela escorrida no tacho, mexa e deixe cozinhar até perder o volume.
7. Junte os tomates picados e os orégãos. Tempere com sal e pimenta, misture e deixe cozinhar até ficar um molho cremoso.
8. Quando estiver pronto verifique a acidez do tomate. Se estiver ácido junte uma a duas colheres de chá de açucar.
9. Acrescente o macarrão, misture delicadamente e sirva.

MASSA COM ATUM E TOMATE SECO
Massa de atum com tomate seco_1

Ingredientes

500 g de massa (Utilizei espirais, a Dani utilizou Farfalle, mas podem ser utilizadas outros tipos de massa.)
2 latas de atum em pedaços (Utilizei atum ao natural)
100 g de tomate seco
Azeite extra-virgem ou o Azeite de conserva do tomate seco
Sal q.b.
2 dentes de alho
1 cebola
1 ramo de salsa picada
Cebolinh0 (Não tinha, não coloquei.)
Queijo parmesão ralado na hora
Preparação
1. Aqueça água numa panela grande, coloque sal, um fio de azeite e cozinha a massa al-dente.
2. Prepare os alimentos: pique a cebola, os alhos e o tomate seco. Escorra o atum.
3. Numa frigideira anti-aderente, coloque 3 colheres de sopa de azeite extra-virgem ou o azeite que conserva o tomate seco. Junte a cebola e os alhos e deixe refogar.
4. Adicione o atum e o tomate seco. Mexa bem e deixe apurar.
5. Escorra a massa e junte ao refogado. Verifique os temperos, desligue o lume e junte a salsa e o cebolinho picados. Envolva e sirva com parmesão ralado na hora.
MASSA COM BRÓCOLIS


Ingredientes
250g de Esparguete Integral
1 maço de brócolos (+/- 500g)
3 colheres de sopa de azeite de boa qualidade
4 dentes de alho picados
Sal q.b.
Queijo ralado (Eu utilizei Parmesão, mas podem optar por um queijo mais Light)
Preparação
1. Numa panela alta aqueça a água com sal. Quando estiver a ferver junte o esparguete e deixe cozinhar.
2. Numa panela mais pequena aqueça água com sal. Quando estiver a ferver junte os brócolos.
3. Quando ambos estiverem cozidos, escorra e reserve.
4. Na panela onde cozeu a massa, coloque o azeite. Deixe aquecer e coloque o alho picado. Refogue um pouco e junte a massa e os brócolos. Mexa bem para que o alho se misture com a massa.
5. Corrija o sal e sirva numa travessa.
6. Se gostar, coloque queijo ralado por cima.
 MASSA COM BOLONHESA DE PROTEÍNA DE SOJA




Ingredientes
2 copos com granulado fino de soja (conhecido como soja texturizada)
2 cebolas grandes
4 dentes de alho
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de café de raiz de gengibre em pó
1 colher de açucar (Juntei para cortar o ácido do tomate)
6 colheres de sopa de molho de soja
600 ml (3 pacotinhos) de concentrado de tomate
1 lata de cogumelos laminados ou 200 g de cogumelos frescos
Sal, noz moscada e pimenta a gosto
Raminho de salsa
1 copo de vinho tinto (Este ingrediente fui eu que juntei. Costumo colocar quando faço bolonhesa de carne e dá um gosto excelente.)
Esparguete Integral ou outra massa à sua escolha (+/- 85g por pessoa)
Preparação
1. Coloque o granulado de soja dentro de água, durante cerca de 20 minutos, para que hidrate, inche e aumente de volume;
2. Pique a cebola e o alho bem fininhos e aloure ligeiramente no azeite quente. Junte logo de seguida o concentrado de tomate e um pouco de água para aumentar a quantidade de molho;
3. Escorra a água da soja através de um passador. Regue os grãos com o molho de soja, e aguarde 2-3 minutos.
4. Introduza a soja no molho de tomate e misture bem. Junte os cogumelos.
5. Adicione o sal, a noz-moscada, a pimenta, o açucar e o gengibre. Não tempere muito porque o molho vai cozer durante algum tempo. Poderá rectificar os temperos no fim da cozedura.
6. Tape e deixe cozer em lume brando durante cerca de 35 minutos.
7. Quando faltarem 10 minutos para a bolonhesa estar pronta, coloque o esparguete a cozer com um pouco de sal. Retire do lume quando estiver “al dente”.
8. Quando o molho estiver quase pronto junte o vinho tinto e deixe evaporar.
9. Quando estiver pronto, junte a salsa muito picadinha e verifique os temperos. Sirva de imediato sobre uma porção de esparguete.
Retirado do site: Menos calorias Mais vida


22 setembro 2009

SUAS PESQUISAS NA INTERNET SE TRANSFORMARÃO EM ÁRVORES DE VERDADE!!


O que é o eco4planet e por que usar?


O eco4planet utiliza o sistema Google™ Pesquisas Personalizadas, mantendo assim a mundialmente reconhecida capacidade das buscas Google™, com um visual também simples e rápido, porém 
inovador na utilização predominante da cor preta para gerar economia de energia. Sua criação prova que pequenas ações diárias podem gerar economia de energia, resultando em menores gastos e ainda vários outros benefícios.



eco4planet economiza energia pois sua tela é predominantemente preta, e um monitor utiliza até 20% menos energia para exibi-la se comparado à tela branca. Considerando as mais de 2,55 bilhões de buscas diárias realizadas no Google™ com tempo médio suposto em 10 segundos por pesquisa e a proporção de monitores por tecnologia utilizada, teríamos com um buscador de fundo preto a economia anual de mais de 7 Milhões de Kilowatts-hora! Esse valor equivale à:
  • Mais de 63 milhões de televisores em cores desligados por 1 hora;
  • Mais de 77 milhões de geladeiras desligadas por 1 hora;
  • Mais de 175 milhões de lâmpadas desligadas por 1 hora;
  • Mais de 58 milhões de computadores desligados por 1 hora.
Entre aqui e aqui descubra mais sobre esta proposta. Divulgue, envie para seus amigos ... nosso planeta merece!

Mais um projeto em andamento ...

EM CONSTRUÇÃO



20 setembro 2009

INSPIRAÇÃO

HALL
alifesdesignblogspot 




SALA DE ESTAR



canadianhouseandhomedotcom  


SALA DE JANTAR


casaabrilcombr3 


QUARTO



A técnica parece bem fácil de fazer, só projetar a imagem impressa em transparências, e ir pintando num tom mais claro as árvores e galhos.
jenduring
Olha o resultado que incrível:
jenbedafter



ESCRITÓRIO/BIBLIOTECA


designheavencamaleituraehome 







A VIDA É COMO UM PIQUENIQUE



A vida é como um piquenique em uma tarde de domingo -- ela não dura muito tempo. Só olhar o sol, sentir o perfume das flores ou respirar o ar puro já é uma alegria. Mas se tudo o que fazemos é ficar discutindo onde pôr a toalha, quem vai sentar em que canto, quem vai ficar com o peito ou a coxa do frango..., que desperdício! Mais cedo ou mais tarde o tempo fecha, a tarde cai e o piquenique acaba. E tudo o que fizemos foi ficar discutindo e implicando uns com os outros. Pense em tudo que se perdeu.

Você pode estar se perguntando: se tudo é impermanente, se nada dura, como pode alguém viver feliz? É verdade que não podemos, de fato, agarrar ou nos segurar às coisas, mas podemos usar esse conhecimento para olhar a vida de modo diferente, como uma oportunidade muito breve e rara. Se trouxermos à nossa vida a maturidade de saber que tudo é impermanente, vamos ver que nossas experiências serão mais ricas, nossos relacionamentos mais sinceros, e teremos maior apreciação por tudo aquilo que já desfrutamos.

Também seremos mais pacientes. Vamos compreender que, por pior que as coisas possam parecer no momento, as circunstâncias infelizes não podem durar. Teremos a sensação de que seremos capazes de suportá-las até que passem. E com maior paciência seremos mais delicados com as pessoas a nossa volta. Não é tão difícil manifestar um gesto amoroso quando nos damos conta de que talvez nunca mais estaremos com a nossa tia-avó. Por que não deixá-la feliz? Por que não dispor de tempo para ouvir todas aquelas histórias antigas?

Chegar à compreensão da impermanência e ao desejo autêntico de fazer os outros felizes nesta breve oportunidade que temos juntos, constitui o começo da verdadeira prática espiritual. É esse tipo de sinceridade que efetivamente catalisa a transformação em nossa mente e em nosso ser.

Não precisamos raspar a cabeça nem usar vestes especiais. Não precisamos sair de casa nem dormir em uma cama de pedras. A prática espiritual não requer condições austeras -- apenas um bom coração e a maturidade de compreender a impermanência. Isso nos fará progredir.
Chagdud Tulku Rinpoche, em "Portões da Prática Budista".
Retirado do Blog: Sansara

IDÉIAS ... IDÉIAS .... IDÉIAS

O arranjo com feijões é da designer Genevieve Gorder e o outro é com lentilha com velinha laranja no meio, também do Every Day with Rachel Ray
O primeiro arranjo é da aula de arte da Sra DeVore da Stonington High School em Connecticut e a outra é de Dylan Lauren.



Os da pontinha, estampados foram feitos com o papelão do papel higiênico e chitão.






Idéias tiradas do site: Virginia Costa

BERINGELA



Ainda que a berinjela seja pouco nutritiva, é vegetal muito versátil e compõe muitos pratos de diferentes etnias, como o curry da Índia, o moussaka grego, o baba ghanoush do Oriente médio e o ratatoiulle francês, entre outros.


A berinjela tem pouquíssimas calorias, apesar de proporcionar uma sensação de saciedade - uma xícara de berinjela crua contém menos de 40 calorias.

As berinjelas mais gostosas são tenras e firmes, de pele fina e sabor leve. As maiores costumam ter mais sementes, além de serem duras e amargas. Tem sabor e consistência de carne, sendo ideais para pratos vegetarianos.

Elas podem ser recheadas e cozidas, grelhadas, assadas ou ensopadas. Algumas desenvolvem um sabor amargo que pode ser eliminado salgando-se a berinjela antes de cozinhá-la. Corte o vegetal, salgue-o e deixe-o descansar por meia hora. Lave e seque. O sal elimina um pouco da umidade e reduz o sabor amargo.

Nutrição e saúde
É aconselhável consumir as berinjelas com sua casca, onde se encontra boa parte de seus nutrientes - que não são poucos. Ela é rica em potássio, cálcio e fósforo, e seu conteúdo tem vitaminas A, B e C, betacarotenos e ácido fólico.

Ela tem apenas 21 calorias por 100 gramas e é rica em fibras, por isso sacia e ajuda a combater a preguiça intestinal. Exerce um considerável efeito depurativo sobre o sangue: limpa, previne as hemorragias e protege as artérias lesionadas pelo colesterol.

Na cozinha

Quando se prepara berinjelas, é conveniente utilizar uma faca de aço inoxidável para cortá-las, para evitar que a polpa se oxide e escureça. Antes de cozinhá-las, é aconselhável deixar as rodelas em molho de água com sal durante 30 minutos, para que soltem os sucos amargos, e secá-las com papel absorvente. Se vai demorar a utilizá-las, salpique com um pouco de suco de limão; isto evita a oxidação.

A berinjela é um dos ingredientes básicos da cozinha mediterrânea. Não costumam ser consumidas nem cruas nem cozidas pois adquirem um sabor muito amargo, mas seu repertório de pratos é ilimitado. São preparadas de diferentes formas: recheadas ao forno, fritas ao natural ou refogadas, em molho, gratinadas etc.




Baba Ganoush – patê de berinjela


02 berinjelas maduras mas firmes, bem furadinhas, vão por cerca de 45 minutos para o forno junto com 06 dentinhos de alho – não se assute, porque assado, o alho fica bem mais suave! Preste atenção depois de uns 20 minutos, porque o alho deve ficar bem macio, e não torrado. Se já estiver macio, tire o alho do forno e deixe a berinjela cumprir o seu tempo.
Pois bem, tudo devidamente assado e esfriado, porque ninguém quer queimar o dedo, abra os dentinhos de alho, e os esprema num prato. Abra as berinjelas e com a ajuda de uma colher, raspe a poupa.
Adicione uma colher de sopa de tahine, mais o suco de meio limão, azeite de oliva, sal à gosto e pimenta. Geralmente eu uso pimenta calabresa, mas deste vez usei pimenta do reino.
baba ganoush
Poso, duas berinjelas rende pouco, menos de um prato fundo. Faça pelo menos duas, senão não justifica o tempo do forno.
Sirva com pão sírio, crostata (casquinha de pizza), com bolacha salgada, com torrada… e para quem é do vinho, vinho, quem é de cerveja, cerveja! Até quem não gosta de berinjela gosta!
Receita do site: Pimenta Calabresa

Fusilli ao pesto (não muito) genovês


Fusilli ao pesto com gergelim
  • 4 colheres de sopa de gergelim descascado
  • 1 colher de sopa de sementes de linhaça
  • 1 dente de alho médio
  • 1 maço grande de manjericão, de preferência orgânico
  • azeite a gosto (de 2 a 3 colheres de sopa)
  • sal a gosto
  • queijo parmesão de boa qualidade, para ralar na hora
dsc00549p1Bater o alho, o gergelim e a linhaça no processador de alimentos até obter uma farinha bem fina – fica quase como uma pastinha (foto). Reservar em uma tigela.
Lavar o manjericão e separar as folhinhas com auxílio de uma tesoura. Bater no processador (foto) e ir juntando o azeite aos poucos. Adicione algumas gotinhas de suco de limão (opcional – é para não oxidar muito), o sal e, ao mesmo tempo, ir juntando a farinha de gergelim e continuar batendo, até obter uma pasta espessa (foto).
dsc00551p
Cozinhe a massa e, quando estiver quase pronta, coloque umas duas ou três conchas da água do cozimento no pesto. Misture bem, deve ficar uma pasta bem ralinha. Misture bem a massa e sirva com queijo parmesão ralado por cima. Alternativamente, misture parmesão no próprio pesto.
Fica ótimo se servido com um grelhado (frango ou carne). Se você  for vegano, omita o parmesão e sirva com uma fatia de tofu grelhado.




Retirado do site: Alitemtíssimo
Dica: 
Guardado num vidro e coberto com azeite, dura bastante na geladeira.
Agora, basta cozinhar a massa da sua preferência! Sirva com parmesão ralado e um vinho!
Também pode ser usado com frango, no risotto, numa receita de pão…. é bem versátil!

Pão francês

pao caseiro


Essa receita é de pão francês, que é ótimo, mas em nada lembra o pão francês de padaria.

01 copo de agua fria
01 colher de sopa de açucar
01 colher de chá de sal
02 copos de trigo peneirado
01 copo de semolina
01 colher de sopa bem cheia de azeite de oliva
01 colheres de chá  bem cheias de fermento biológico.

Bom, na máquina, basta colocar tudo nesta ordem. A semolina dá uma croc croc à casca do pão, qualidade deveras apreciada aqui nesta casa.
Na mão, não deve ser muito difícil também, mas a água deve ser morna, o açucar dissolvido nela para alimentar o fermento.
Retirada do site: Pimenta Calabresa

18 setembro 2009

Converter imagens para texto (ASCII)


Ainda não testei este utilitário, mas achei muito interessante postar aqui. Quem quiser deixar algum comentário ao utilizá-lo ... esteja à vontade para postar.


ASCGEN é um pequeno utilitário que converte qualquer fotografia ou imagens em textos de alta qualidade com várias tonalidades de preto.
Depois que transformado você pode salvar como HTML ou texto comum.
convertpicturestoascii.gif
O diferencial desse programa é que ele possui vários ajustes para deixar a imagem como o usuário quiser.